segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Gaúchos prestam homenagem aos 150 anos da unificação da Itália

Releitura da Noticia, com fotos da Associação Cultural Itália Porto Alegre



Correio do Povo


Notícias  Geral



27/11/2011 13:51 - Atualizado em 27/11/2011 14:00

Gaúchos prestam homenagem aos 150 anos da unificação da Itália

Monumento alusivo à Anita e José Garibaldi, na Capital, será recuperado

Foto: Ereci A Mogetti


Gaúchos prestaram uma homenagem aos 150 anos da unificação da Itália neste domingo. Uma placa alusiva às comemorações foi descerrada hoje pela manhã na Praça Josep Garibaldi, localizada entre as avenida Venâncio Aires e Erico Veríssimo e a rua José do Patrocínio, na Capital e, após o ato, foi realizada uma confraternização na sede campestre da Sociedade Italiana, no bairro Restinga.


A proclamação do Reino da Itália, foi em 17 de março de 1861, mas as comemorações seguem até o próximo ano. Até o ano de 1861, o país era dividido em sete Estados, ou pequenos principados, cujos soberanos pertenciam a diferentes dinastias europeias: austríacos, franceses, espanhóis, entre outros. O caminho foi longo até a proclamação do Reino da Itália por Vítor Emanuel 2º.

Para o presidente da Sociedade Italiana do Rio Grande do Sul, Giuseppe Ferraro, é preciso comemorar o feito que para os italianos é cheio de significados. O vereador Carlos Todeschini, um dos organizadores do ato, salientou a importância da homenagem sobretudo porque a comunidade italiana no Estado é bastante participativa nos diferentes setores, da economia à cultura, passando também pela gastronomia. A presidente da Câmara, Sofia Cavedon, enfatizou a importância dos imigrantes que mantêm viva a tradição italiana em pleno Rio Grande do Sul.

O prefeito José Fortunati enalteceu o processo de unificação da Itália e falou da importância política e econômica que resultou. “É importante relembrarmos para manter viva a história e porque é um passo importante para quem quer manter a democracia”, disse. Uma boa notícia dada à comunidade pelo cônsul italiano, Augusto Vaccaro, durante seu discurso, foi a recuperação do Monumento alusivo à Anita e José Garibaldi, localizado na praça.


segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Semana de Encontros de Francês Língua Estrangeira (Senfle) em Pernambuco

Semana de Encontros de Francês Língua Estrangeira (Senfle),de 16 a 18 de novembro, foi realizada  no Centro de Artes e Comunicação (CAC). O evento foi organizado pelas professoras Joice Galli e Simone Aubin, pelos alunos do Diretório Acadêmico de Letras e pela Babel Ciclo de Palestras.

Joice e Ada




domingo, 20 de novembro de 2011

VII Festa Literária Internacional de Pernambuco

Fliporto – Festa Literária de Pernambuco





O balanço final da VII edição da Festa Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto) mostrou que a decisão de transpor a festa literária para Olinda foi, de fato, a mais acertada, conquistando um público 33% superior ao do último ano (80 mil visitantes contra 60 mil da edição anterior), com 94% de aprovação por parte dele.
Sucesso absoluto, A VII Fliporto se consagra como a Festa Literária com o maior público do Brasil | Foto: Tom Cabral/Santo Lima
A Festa também superou as expectativas mais otimistas para a economia do município. Durante os cinco dias do evento foram movimentados um total de R$ 10 milhões na cidade, sobretudo nos setores hoteleiro, gastronômico e editorial. Para isso, o evento contou com uma estrutura superlativa, montado em um espaço de 20 mil m², batizado de Cidade das Letras, que contou com 27 tendas armadas com 350 toneladas de ferro para receber diversos tipos de atividades.

A programação literária, a principal delas, contou com 46 autores e convidados que protagonizaram 20 painéis na Tenda do Congresso Literário. A presença desses grandes nomes da literatura nacional e internacional, certamente, incentivou as compras de publicações. Ao todo, a Feira do Livro teve mais de 15 mil exemplares vendidos. Do ponto de vista ecológico, a Fliporto também contribuiu fortemente para a cidade de Olinda. Por meio do pólo EcoFliporto, a Festa plantou 400 mudas de Baobás em vários pontos da Praça do Carmo e adjacências, respeitando os limites impostos pela lei.

Com a curadoria geral do escritor e advogado Antônio Campos, a festa homenageou, este ano, o escritor e sociólogo pernambucano Gilberto Freyre, e teve como tema Uma Viagem ao Oriente. A curadoria literária do evento foi assinada pelo jornalista e escritor Mário Hélio Gomes que, além do indiano Deepak Chopra, trouxe para o Estado nomes influentes da literatura mundial, como Abdel Bari Atwan (Palestina), Tariq Ali (Paquistão), Joumana Haddad (Líbano) e Derek Walcott (Santa Lúcia, Caribe) – vencedor de um Prêmio Nobel de Literatura, e Gonçalo M. Tavares (Portugal). A coordenação executiva da Festa ficou sob a responsabilidade de Eduardo Côrtes.

Gandhi no encerramento da Fliporto

As filosofias orientais tomaram conta do último dia da VII Fliporto
O líder espiritual hindu foi interpretado pelo ator mineiro João Signorelli | Foto: Tom Cabral/Santo Lima
O líder espiritual hindu foi interpretado pelo ator mineiro João Signorelli | Foto: Tom Cabral/Santo Lima
A Festa ampliou o sucesso das outras edições e trouxe ao público o Cine Fliporto, segmento voltado para o cinema, que homenageou os cineastas Guel Arraes e Tizuka Yamasaki, com curadoria do crítico de cinema Alexandre Figueirôa. O cineasta Nelson Pereira de Santos, precursor do Cinema Novo no Brasil, e que dirigiu Casa Grande & Senzala, obra homônima de Gilberto Freyre, foi um dos grandes nomes nacionais que estiveram no Congresso Literário.

Outro polo que atraiu a atenção do público foi o Fliporto Digital, setor do evento que acolheu, sob a coordenação da webdesigner Cláudia Cordeiro, as novidades tecnológicas no ramo literário e que saudou os irmãos Sílvio e Luciano Meira. Toda a programação do evento foi transmitida ao vivo pela TV Fliporto. O público infanto-juvenil também teve uma novidade este ano com os polos exclusivos, chamados Fliporto Criança e a inédita Fliporto Nova Geração, onde foram apresentadas palestras, oficinas e brincadeiras didáticas voltadas para o mundo da Literatura.

O homenageado foi Malba Tahan, famoso professor de matemática que faleceu na capital pernambucana e cultuou uma radical mudança na educação infantil. A Festa também fez uma ode ao Meio Ambiente por meio da EcoFliporto, que trabalho junto ao público presente o tema “Pernambuco Jardim de Baobás”, posto que, depois da África, nosso Estado tem o maior número dessa espécie de árvore plantadas.


Nosso Livro:
"As línguas que botam a boca no mundo"
Nesse fantástico e renomado ambiente literário tivemos a oportunidade de divulgar nossas experiências, em uma cidade onde há Arte por toda Parte, onde a descontração e a simpatia do povo pernambucano encantam, ao mesmo tempo em que demonstram os grandes avanços ocorridos no Estado durante estes últimos anos.






terça-feira, 15 de novembro de 2011

Aniversário da Sociedade Italiana do Rio Grande do Sul

SABATO 19 NOVEMBRE
alle 21, presso la Sociedade Italiana
Rua Gal. João Telles, 317
Serata commemorativa dei
118 anni della Sociedade Italiana
do Rio Grande do Sul
COCKTAIL CON PORTATE CALDE
E MUSICA AL VIVO

Entrata: 50,00 R$ incluse bevande (vino, refrigerante e espumante)
Abito: Elegante
SÁBADO 19 DE NOVEMBRO
às 21h, na Sociedade Italiana
Rua Gal. João Telles, 317

Noite comemorativa dos
118 anos da Sociedade Italiana
do Rio Grande do Sul
COQUETEL COM PRATOS QUENTES
E MÚSICA AO VIVO
Ingresso: 50,00 R$ bebidas incluidas (vinho, refrigerante e espumante)
Traje: Passeio

Reservas:  9334.9987 (Armando) ou 3311.5833 (secretaria) 

domingo, 6 de novembro de 2011

CARREATA COMEMORATIVA AOS 150 ANOS DA UNIFICAÇÃO ITALIANA

Evento: CARRETA COMEMORATIVA AOS 150 ANOS DA UNIFICAÇÃO ITALIANA
Data    : 27/11/2011

Promoção: Sociedade Italiana em parceria com diversas associações representativas da comunidade italiana.

Apoio Institucional: Consulado Italiano, COMITES, Prefeitura de Porto Alegre, Câmara Municipal

Programação:
09h: Concentração na Praça Garibaldi (entre Av. Venâncio Aires, José do Patrocínio e Erico Verissimo)

10h: Início do Evento: Descerramento de Placa alusiva e pronunciamentos

11h: Início da Carreata com destino à sede campestre da Sociedade Italiana - Rua Edgar Pires de Castro,  4215 - Restinga

12h45min: Almoço (Reservas com Armando 51 93349987 ou pelo tel.: 3311-5833, até o dia 24/11 - Custo: R$ 20,00 o convite.)

Participações Especiais:
Consul Augusto Vaccaro
Prefeito José Fortunatti
Historiadora Elma Santana
Banda Garibaldina do municipio de Capivari
Banda da Brigada Militar
Cavaleiras de Anita Garibaldi 
Grupos musicais.
Nossas queridas Anitas!

Autógrafos na 57ª Feira do Livro de Porto Alegre

Os autores na Feira do Livro, junto com a organizadora on line,
diretamente de Recife, Pernambuco.
"Línguas que botam a boca no mundo: reflexões sobre teorias e práticas de línguas” é o livro organizado pela professora Joice Armani Galli, do Departamento de Letras da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), lançado, na 57ª Feira do Livro de Potro Alegre, em 06/11/11),domingo, às 16h, na Sede Histórica do Memorial do Rio Grande do Sul.
A obra é composta por textos de autores das regiões Sul e Nordeste que abordam o tema das políticas públicas. linguísticas.


  Qual a importância do estudo de línguas estrangeiras (LE) nos ensinos fundamental e médio? Por que a Língua Brasileira dos Sinais é tão importante se a populção surda é mínima? Para quê o estudo de línguas indígenas se é praticamente inexistente a presença de tribos no País?


 Esta obra elucida todas essas questões. Para avaliar a importância das LE se fez uma pesquisa numa escola municipal gaúcha e avaliou-se o contexto de ensino das LE em um exemplo de universo social vulnerável. E acerca das línguas indígenas e das LIBRAS, observa-se o cárater investigativo delas na UFPE. O objetivo é conhecer o processo de difusão, ensino-aprendizagem e pesquisa dessas línguas, a fim de estimular o letramento, a inclusão, o plurilinguismo nas políticas políticas, necessário a um Brasil que se pretende mais crítico, mais plural, mais consciente, mais unido justamente pela diversidade.   


Ereci Mogetti e Armando Traversoni
Conversando com a Organizadora - uma Ponte entre Porto Alegre
e Recife, Pernambuco
Emilia Viero, Ere Mogetti e Armando Traversoni


A Amiga e Professora Mara na Sessão de Autógrafos


A Ana também foi prestigiar !


A Leinha Armani, a Joice (on line) a Tânia e o Armando 


Nosso Livro na Feira do Livro, finalmente!


Apresentação dos Autores




Na Banca de Autógrafos


O Memorial, espaço de lançamento
do nosso Livro





























AGEI - Associação Gaúcha dos Escritores Independentes
         Para adquirir o Livro: AGEI , Livraria Francesa (na Feira do Livro)  ou no site da Universidade Federal de Pernambuco.




http://www.edufpe.com.br/virtualstore/produtos.asp?produto=597

  
Ensino de idioma e políticas públicas é tema de lançamento na XI Semana da Língua Italiana, em Porto Alegre [pt]
Venerdì - 21/10/2011



“Línguas que botam a boca no mundo: reflexões sobre teorias e práticas de línguas” é o livro organizado pela professora Joice Armani Galli, do Departamento de Letras da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que será lançado, no próximo domingo (23), às 19h30, na sede da Sociedade Italiana de Porto Alegre (Rua João Telles, 317 – Tel. 51. 3312-2422).
A obra é composta por textos de autores das regiões Sul e Nordeste que abordam o tema das políticas públicas lingüísticas. São eles:
As Línguas Estrangeiras como política de educação pública plurilíngue.
Joice Armani Galli
A criatividade como nossa aliada
Adriana Germann Alves & Tânia da Silveira Arruda


Sobre diretrizes para o ensino de inglês na Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre
Miriam Löff


Un vuelo entre el lúdico y la multimedia
Cláudia Maria Nunes Menezes


A Educação de Jovens e Adultos e o ingresso permanente nas Totalidades Finais: um desafio para professores e alunos de língua estrangeira...97

Gabriela Aurich De Camillis

Um projeto de... Onde está a Língua Estrangeira?
Jonira Martinez Fett


La douce France
Ivana Acunha Guimarães


O processo de inserção da Língua Italiana na Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre
Armando Traversoni & Ereci Albuquerque Mogetti


Formação docente, ensino de Língua Portuguesa e surdez
Jurandir Dias Jr.


As Línguas Indígenas e a diversidade linguística no Brasil.
Stella Telles.





Rivista digitale Oriundi