domingo, 20 de novembro de 2011

VII Festa Literária Internacional de Pernambuco

Fliporto – Festa Literária de Pernambuco





O balanço final da VII edição da Festa Literária Internacional de Pernambuco (Fliporto) mostrou que a decisão de transpor a festa literária para Olinda foi, de fato, a mais acertada, conquistando um público 33% superior ao do último ano (80 mil visitantes contra 60 mil da edição anterior), com 94% de aprovação por parte dele.
Sucesso absoluto, A VII Fliporto se consagra como a Festa Literária com o maior público do Brasil | Foto: Tom Cabral/Santo Lima
A Festa também superou as expectativas mais otimistas para a economia do município. Durante os cinco dias do evento foram movimentados um total de R$ 10 milhões na cidade, sobretudo nos setores hoteleiro, gastronômico e editorial. Para isso, o evento contou com uma estrutura superlativa, montado em um espaço de 20 mil m², batizado de Cidade das Letras, que contou com 27 tendas armadas com 350 toneladas de ferro para receber diversos tipos de atividades.

A programação literária, a principal delas, contou com 46 autores e convidados que protagonizaram 20 painéis na Tenda do Congresso Literário. A presença desses grandes nomes da literatura nacional e internacional, certamente, incentivou as compras de publicações. Ao todo, a Feira do Livro teve mais de 15 mil exemplares vendidos. Do ponto de vista ecológico, a Fliporto também contribuiu fortemente para a cidade de Olinda. Por meio do pólo EcoFliporto, a Festa plantou 400 mudas de Baobás em vários pontos da Praça do Carmo e adjacências, respeitando os limites impostos pela lei.

Com a curadoria geral do escritor e advogado Antônio Campos, a festa homenageou, este ano, o escritor e sociólogo pernambucano Gilberto Freyre, e teve como tema Uma Viagem ao Oriente. A curadoria literária do evento foi assinada pelo jornalista e escritor Mário Hélio Gomes que, além do indiano Deepak Chopra, trouxe para o Estado nomes influentes da literatura mundial, como Abdel Bari Atwan (Palestina), Tariq Ali (Paquistão), Joumana Haddad (Líbano) e Derek Walcott (Santa Lúcia, Caribe) – vencedor de um Prêmio Nobel de Literatura, e Gonçalo M. Tavares (Portugal). A coordenação executiva da Festa ficou sob a responsabilidade de Eduardo Côrtes.

Gandhi no encerramento da Fliporto

As filosofias orientais tomaram conta do último dia da VII Fliporto
O líder espiritual hindu foi interpretado pelo ator mineiro João Signorelli | Foto: Tom Cabral/Santo Lima
O líder espiritual hindu foi interpretado pelo ator mineiro João Signorelli | Foto: Tom Cabral/Santo Lima
A Festa ampliou o sucesso das outras edições e trouxe ao público o Cine Fliporto, segmento voltado para o cinema, que homenageou os cineastas Guel Arraes e Tizuka Yamasaki, com curadoria do crítico de cinema Alexandre Figueirôa. O cineasta Nelson Pereira de Santos, precursor do Cinema Novo no Brasil, e que dirigiu Casa Grande & Senzala, obra homônima de Gilberto Freyre, foi um dos grandes nomes nacionais que estiveram no Congresso Literário.

Outro polo que atraiu a atenção do público foi o Fliporto Digital, setor do evento que acolheu, sob a coordenação da webdesigner Cláudia Cordeiro, as novidades tecnológicas no ramo literário e que saudou os irmãos Sílvio e Luciano Meira. Toda a programação do evento foi transmitida ao vivo pela TV Fliporto. O público infanto-juvenil também teve uma novidade este ano com os polos exclusivos, chamados Fliporto Criança e a inédita Fliporto Nova Geração, onde foram apresentadas palestras, oficinas e brincadeiras didáticas voltadas para o mundo da Literatura.

O homenageado foi Malba Tahan, famoso professor de matemática que faleceu na capital pernambucana e cultuou uma radical mudança na educação infantil. A Festa também fez uma ode ao Meio Ambiente por meio da EcoFliporto, que trabalho junto ao público presente o tema “Pernambuco Jardim de Baobás”, posto que, depois da África, nosso Estado tem o maior número dessa espécie de árvore plantadas.


Nosso Livro:
"As línguas que botam a boca no mundo"
Nesse fantástico e renomado ambiente literário tivemos a oportunidade de divulgar nossas experiências, em uma cidade onde há Arte por toda Parte, onde a descontração e a simpatia do povo pernambucano encantam, ao mesmo tempo em que demonstram os grandes avanços ocorridos no Estado durante estes últimos anos.






Nenhum comentário:

Postar um comentário