domingo, 25 de março de 2012

O Brasil se despede de seu grande humorista Chico Anísio


 Com a morte de Chico Anysio, o Brasil perdeu nesta sexta-feira (23) uma de suas personalidades mais importantes do humor e da cultura. Chico foi um artista que, por mais de 60 anos, alegrou milhões de pessoas e ajudou o Brasil a se entender melhor.


Francisco Anysio de Oliveira Paula Filho, Chico Anysio, nasceu em Maranguape, no Ceará, em 12 de abril de 1931, e foi para o Rio de Janeiro aos 8 anos de idade. Começou a carreira na Rádio Guanabara, como locutor, radioator e comentarista de futebol. Nas chanchadas da década de 1950, Chico passou a escrever diálogos e, eventualmente, atuava como ator.
  


Começou na TV Rio em 1957, com Noite de Gala. Em 1959, estreou o programa Só Tem Tantã, mais tarde chamado de Chico Total. Ele escrevia e interpretava seus próprios textos no rádio, na televisão e no cinema. Em 1971, ele estrelou o Chico Anysio Show, na Rede Globo, que ficou dois anos no ar e deu lugar, de 1973 a 1980, ao programa Chico City – cidade fictícia do interior nordestino que abrigava seus personagens.


Repaginado, Chico Anysio Show voltou às telinhas em 1982 e ficou até 1990. Foi nesse ano que a Escolinha do Professor Raimundo voltou para a televisão (o formato estreou como programa de rádio, em 1952, e na TV em Rio em 1957, passando pela Excelsior e Tupi antes de chegar à Globo). Estados Anysios de Chico City, em 1991, Chico Total, em 1995, foram outros programas que exibiam as diversas faces do humorista.




Entre os principais personagens, estão Alberto Roberto, Al Cafone, Azambuja, Bento Carneiro, Bóris, Bozó, Coalhada, Haroldo, Hilário, Jovem, Justo Veríssimo, Lobo Filho, Nazareno, Neyde Taubaté, Painho, Pantaleão, Paulo Brasilis, Popó, Primo Rico, Professor Raimundo, Salomé, Silva, Tim Tones, Véio Zuza e Washington.


Em novembro de 2009, Chico Anysio fez seu último show em Porto Alegre, ao lado de Tom Cavalcanti. Em "Chico.Tom", cada um fez uma apresentação solo e depois interpretam, respectivamente, Professor Raimundo e João Canabrava. Foi na "Escolinha do Professor Raimundo" que Chico deu uma chance para que o redator Tom mostrasse seu talento diante das câmeras como um hilariante    bêbado.
Fonte: Correio do Povo e Jornal O Nordeste


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário