quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Tartufo Bianco: um dos alimentos mais caros do mundo!


    A Feira Internacional da Trufa Branca de Alba completa 82 anos, com dois meses de iniciativas para celebrar o tubérculo precioso que os torna únicos nas colinas de Langhe e Roero. Gastronomia, cultura, música, arte e esporte, este é o evento mais esperado por gourmets de todo o mundo! 

O coração da exposição, como sempre, é o mercado mundial de trufas, onde os visitantes podem contatar diretamente os comerciantes e comprar as caríssimas trufas certificadas. Ou simplesmente apreciar o seu perfume.

Por que é tão caro e tão raro?
Este precioso cogumelo é cheio de exigências. Para nascer exige arvores como o carvalho, avelã, salgueiro etc.. para ,em simbiose, se desenvolver. Exige, também, locais frescos, úmidos e que a 15 cm. de profundidade, conservem uma temperatura média de 6º C. Não param por aqui suas extravagâncias: o terreno deve ter Ph neutro, ser rico em potássio e pobre em matérias orgânicas, azoto e fósforo.
Segundo Bocca:
1)    O tartufo é procurado com a ajuda de um cão adestrado (quase sempre um vira latas) e nunca por um porco: os porcos são muito difíceis e não respondem ao adestramento.

2)    O tartufo não é somente encontrado a noite e pode perfeitamente ser procurado durante o dia. O trifolau normalmente sai antes de o sol nascer somente para não revelar aos outros seus lugares preferidos.
3)    Nunca guarde o tartufo no congelador (descongelado perde todas suas características), nunca cozinhe, nunca descasque, nunca rale... fatie ,somente.
4)    O tartufo não é uma batata, um parasita ou um túbero: é um cogumelo.
5)    Se o tartufo custa pouco... cuidado
6)    Se o tartufo custa muito, lembre-se: emoções são caras.




Outro detalhe: as trufas devem ser limpas apenas com uma escova, jamais se deve utilizar água.



 Uma exposição inédita conta a ligação especial que une o fungo subterrâneo precioso no mundo do cinema, incluindo cenas de filmes famosos, fotografias e cartazes da coleção que testificam "doce vida" do nariz.


Os vinhos, os requintes de doces artesanais, queijos e embutidos da região também são os protagonistas da festa!






Fontes:
http://www.fieradeltartufo.org/index.jsp
http://www.baccoebocca.it/antiga/noticiaView.asp?CodigoNoticia=495

Nenhum comentário:

Postar um comentário