segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Benedito Saldanha lança livro sobre Luciana de Abreu

Luciana de Abreu - uma história comovente!


O escritor e pesquisador Benedito Saldanha, servidor público municipal, encantou e comoveu as pessoas presentes ao I Bate-Papo com o Escritor, promovido pela Biblioteca da Escola de Gestão Pública (EGP) da Secretaria Municipal de Administração de Porto Alegre, na última sexta-feira. Nessa oportunidade foi realizado o pré-lançamento da edição revisada do livro: Luciana de Abreu e o Partenon Literário. 


Com um bate-papo delicioso com Fernando Telles de Paula, Bibliotecário e Coordenador da Biblioteca da EGP, Benedito declamou poesias e contou um pouco da história dessa grande mulher, que estava à frente de seu tempo. Uma história que merece ser traduzida em outras linguagens artísticas.

Vale a pena participar da Sessão de Autógrafos, que será realizada nesta terça- feira, 18  de dezembro de 2012,  às 19h, no Museu Julio de Castilhos (Duque de Caxias, 1.205)

     O segundo livro da coletânea deve ser lançado ano que vem, trazendo a história de Aurélio Virissimo Bittencourt, assinada por Jane Matos.

   Luciana de Abreu - A obra resgata textos e passagens fundamentais da vida da educadora e conferencista Luciana de Abreu (1847 – 1880), falecida prematuramente aos 32 anos de idade. Luciana de Abreu, que é nome de Escola em nossa cidade, foi uma das primeiras vozes que se levantou, no Brasil, na luta pelos direitos da mulher, buscando a conquista de sua cidadania.



Sua vida foi surpreendente: de órfã abandonada na Roda dos Expostos da Santa Casa, na noite de 11 de julho de 1847, ela tornou-se professora, escritora e defensora dos direitos das mulheres. Integrou o Partenon Literário – sociedade formada por jovens intelectuais de Porto Alegre –, onde realizou discursos contundentes.

Em um deles, de 1873, defendeu a igualdade de direitos entre os sexos: “Nós (mulheres) não somos somenos ao homem: a nossa alma tem a mesma passividade e atividade que a dele, e tanto a sensibilidade como a inteligência e liberdade participam do mesmo grau de capacidade e podem ter o mesmo grau de desenvolvimento num ou noutro sexo.”

Além de tudo isso, Luciana foi esposa dedicada e mãe de um casal de filhos.


O autor - Benedito Saldanha é pesquisador e escritor. Criou o Sarau com Ritmo (exibido mensalmente na Casa de Cultura Mário Quintana) e publicou os livros: “A Mocidade do Partenon Literário”, “Laços Eternos” e ”Luciana de Abreu”. É presidente da Academia de Letras e Artes de Porto Alegre e do atual Partenon Literário.



Fontes:

http://www.beneditosaldanha.com/

Cultura RS

Zero Hora

Almanaque Gaúcho

Bate Papo com Escritor Na Biblioteca da EGP/SMA


Nenhum comentário:

Postar um comentário